League of Legends: Faker doa R$ 115 mil para combate ao coronavírus

Astro sul-coreano disse que se sente "devastado pelas pessoas que trabalham dia e noite" para combater a doença.

Lee “Faker” é o mais novo astro dos eSports a se sensibilizar com o combate ao coronavírus. O jogador de League of Legends doou 30 milhões de wons sul-coreanos (cerca de R$ 115 mil) para a Community Chest of Korea, uma organização sem fins lucrativos que está trabalhando no combate à doença.

– Me sinto devastado pelas pessoas que trabalham dia e noite lutando contra o COVID-19. Quero ajudar aqueles batalhando contra o surto e sinto que doar para a Community Chest of Korea é a melhor opção. Espero que todos se juntem para superar essa situação terrível e espero que o apoio real esteja sendo dado para aqueles que necessitam – tuitou Faker.

Outros jogadores também já doaram pela causa, como Kim “Doinb”, da FunPlus Phoenix, Jeong “Chovy”, da DragonX, e Gwak “Bdd”, da Gen.G. Outros nomes da T1 também devem realizar doações ao longo da semana.

Faker é um dos jogadores impactados diretamente pelo surto do vírus. A LCK, liga sul-coreana, está paralisada por conta do surto – a Coreia do Sul é o segundo país mais atingido, com mais 7,4 mil casos de acordo com o Ministério da Saúde e Bem-Estar do país.

Outros eventos da Riot Games também estão sendo atingidos. A LPL, liga chinesa, passará a ser disputada online, enquanto o Mid-Season Invitational (MSI) teve seu anúncio adiado por causa do surto. Vale lembrar que o Mundial deste ano, previsto para o segundo semestre, será realizado na China – o país com maior número de casos de coronavírus.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais
Brasileira de 17 anos é primeira mulher a vencer torneio de ‘Overwatch’